Nutrição – ESSPS

Educação Nutricional & Doenças Associadas

Especiarias mais usadas na cozinha Abril 17, 2008

Filed under: alimentação saudável,Escolhas saudáveis — analmeida @ 10:48 am

       Na alimentação portuguesa, um dos grandes problemas é o excesso de sal que se adiciona aos alimentos. Combater esse excesso é essencial para gozar de uma alimentação saudável. Assim, a substituição de, pelo menos, parte desse sal por algumas especiarias ajudará no combate a doenças, como a hipertensão. Se não conseguir erradicar totalmente o sal da sua alimentação, faça-o progressivamente. Fique a conhecer algumas destas e as suas utilizações mais frequentes.

 

Nome

Parte da planta utilizada e particularidades

Usos mais comuns

Açafrão

Estigmas da planta não maduros e secos

Sopas, pratos de peixe, caldeiradas, arroz, paellas e certos molhos

Baunilha

Vagem seca

Leites aromatizados, batidos, sobremesas à base de leite, certas massas de bolos e cremes

Canela

Casca do tronco da caneleira. Usa-se em bocados ou reduzida a pó

Bolos e doces com características regionais, certas variedades de pão, chocolate, sangria, café e como elemento de decoração de bolos e de certos doces (arroz-doce, farófias, etc.)

Colorau ou pimentão

Polpa do pimento doce maduro, seco e reduzido a pó

Guisados, ensopados, carnes de porco, bacalhau e certas sopas de peixe

Coentro

Sementes

Marinadas, vinagres aromatizados, conservas de legumes, licores (em grão)

Cominho

Sementes

Carnes de porco, tripas (depois de cozinhadas), marinadas para caça, licor

Cravo-da-Índia, cravinho, ou cravo-de-cabecinha

Botões da flor depois de secos

Caldo de carne, marinadas, molhos doces e salgados com vinho e cerveja, vinagres e vinhos aromatizados (sangria), salsicharia e certas massas de bolos

Erva-doce ou anis

Sementes

Pães especiais, doçaria, castanhas, bebidas, cozinha exótica

Funcho

Sementes

Sopas de peixe, saladas, marinadas para caça, licores, bolos e pães

Gengibre

Rizomas: usa-se fresco ou seco

Bebidas, cozinha chinesa, cozinha inglesa, certas sopas de peixe, compotas e bolos secos, mistura de especiarias

Louro

Folhas secas de loureiro ou reduzido a pó

Caldo, molhos, guisados

Mostarda

Grãos (mostarda branca), Grãos (mostarda preta), inteiros ou reduzidos a pó

Soufflés, purés de batata, pâtés, marinadas, vinhos quentes e pastelaria exótica ou de características regionais

Noz-Moscada

Grãos da moscadeira desengordurados por meio de água de cal (ou leite de cal)

Soufflés, purés de batata, pâtés, recheios, marinadas, vinhos quentes e pastelaria exótica ou de características regionais

Paprika

Pimento maduro, seco e reduzido a pó (pimento cultivado na Hungria)

Mistura de especiarias, molhos, pratos de queijo, guisados, sopas, pratos de carne (caracteriza a cozinha húngara)

Pimenta

Grãos da pimenteira. Usam-se a preta, a branca e a verde. A branca é a preta a que se tirou a casca depois de seca. Para esta utilização, escolhem-se normalmente as variedades maiores

Mistura de especiarias e, de um modo geral, em todas as preparações culinárias. A verde utiliza-se especialmente em molhos para carnes

Piripiri

Fruto fresco ou seco, maduro ou verde, ao natural ou conservado em azeite ou em vinagre, seco e maduro reduzido a pó.

Cozinha africana, asiática, caldeiradas, cabritos, carnes de porco assadas e frango

Adaptado de “As Receitas Escolhidas” de Maria de Lourdes Modesto
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s