Nutrição – ESSPS

Educação Nutricional & Doenças Associadas

As imagens valem mais que mil palavras! Março 31, 2008

Filed under: Sem-categoria — chocolatinhos @ 1:19 pm
1 – Alemanha  –   Gasto semanal com comida:  375.39 € ou   586.32 $ (US)
Família Melander de Bargteheide

 AP - 12º A

2 – Estados Unidos – Gasto semanal com comida:341.98 $ (US)
Família Revis de Carolina do Norte

 AP - 12ºA~

3 –  Itália – Gasto semanal com  comida: 214.36€ ou 334.80$ (US)
Família Manzo de Sicília

AP - 12º A

4 – México – Gasto semanal com comida: 1,862.78 Mexican Pesos ou 189.09 $(US)
Família  Casales de Cuernavaca
AP - 12ºA
 5 – Polónia – Gasto semanal com comida: 582.48 Zlotys ou 151.27$ (US)
Família Sobczynscy de Konstancin – Jeziorna

AP - 12ºA

6 – Egipto – Gasto semanal com comida: 387.85 libras egípcias ou 68.53$ (US)
Família Ahmed de Cairo

AP - 12ºA

7 – Equador – Gasto semanal com comida : 31.55$ (US)
Família Ayme de Tingo

AP - 12º A

8 – Butão – Gasto semanal com comida: 224.93 ngultrum ou 5. 03$ (US)
Família Namgay da aldeia Shingkhey

AP - 12º A

9 – Chade – Gasto semanal com comida : 685 CFA francos ou 1.23$ (US)
Família Aboubakar do Campo Breidjing

AP - 12º A

Anúncios
 

Mais Provérbios Alimentares …. Março 30, 2008

Filed under: Provérbios alimentares — chocolatinhos @ 12:38 pm

AP - 12º A• QUEM CEIA E LOGO SE VAI DEITAR MÁ NOITE IRÁ PASSAR

Não se deve comer pelo menos três horas antes de ir para a cama. Dormir em plena digestão não só traz péssimo sono, como engorda. Enquanto dormimos o sangue “recolhe”ao fígado para repousar e desintoxicar. Se durante este processo estiver a decirrer outro de grande complexidade como a digestão, boa noite não se passa de certeza.
O que se pode fazer caso o jantar seja demasiado em cima da hora de ir dormir, ou se não resistiu e comeu demais à noite, é passear um pouco para estimular a digestão. Já diziam os antigos chineses: ” Quem caminha 100 passos depois de comer, viverá 99 anos!”.

• O VINAGRE E O LIMÃO, MEIO CIRURGIÃO SÃO

Poderosos aliados terapêuticos, indicados para várias patologias (preferir vinagre de arroz ou de maçã ao de vinho). Alto poder anti-infeccioso, descongestionante e desintoxicante. Com  tropismo para o fígado e a vesícula biliar, tonificam estes dois órgãos, podendo no entanto prejudicá-los muito se consumidos em demasia. Ajudam a combater o ácido úrico e os sintomas de reumático e da artitre. Reduzem também a fermentação digestiva e consequente formação de gases. Por serem  poderosos anti-infecciosos actuam na regeneração de inflamações e úlceras e são benéficos para todos os tipos de afecções do trato naso faríngeo – laringites, gengivites, rinites e sinusites.

• AZEITE DE OLIVA, TODO O MAL TIRA

O azeite é dos alimentos que nunca devem faltar na nossa dieta. Pode não tirar todos, mas muitos tirará. Reduz os níveis do mau colesterol (LDL) ao mesmo tempo que aumenta os níveis de bom colesterol (HDL)! Faz baixar a tensão arterial, estimula a secreção de insulina baixando os níveis de açúcar, melhora a capacidade de absorção intestinal, diminui a acidez gástrica, previne a osteoporose e comprovadamente diminui o risco de doença oncológicas e cardiovasculares. Azeite todos os dias, em saladas, sopas, como tempero e na confecção dos alimentos.

• PEIXE NÃO PUXA CARROÇA

Muitas pessoas pensam que a fraqueza que se sente algumas horas depois de se ter comido é fome. Mas não. Fome é algo muito forte que se sente um pouco por todo o corpo, e só se começa a  sentir a partir de dois ou três dias de jejum. A fraqueza é uma “técnica” do corpo para pedir comida. Este dito popular refere-se a essa sensação. O peixe dá tanta força como a carne, no entanto, e , de um modo geral é mais leve que a carne , o que torna a sua dugestão mais fácil, e consequentemente mais rápida, porporcionando mais rapidamente o aparecimento da sensação de fraqueza.

(Texto da revista Focus nº437)
 

Provérbios Alimentares Março 29, 2008

Filed under: Provérbios alimentares — chocolatinhos @ 12:03 am
Tags: ,

AP - 12º A• ( A LARANJA) DE MANHÃ OURO, À TARDE PRATA, À NOITE MATA

É um exagero! Existe contudo um fundamento: se um pouco de sabor pode estimular o funcionamento do fígado, o uso exagerado do mesmo pode prejudicá-lo. A ácida laranja (tal como o vinagre se utilizado de noite) vai sobrecarregar o órgão  precisamente na hora em que é o responsável por armazenar e desintoxicar o sangue que circula no organismo durante o dia.

•  SE MAL JANTAS E PIOR CEIAS, MINGAM AS CARNES E CRESCEM AS VEIAS

Jantar pouco e não cear é um dos truques para emagrecer. Quanto às veias, talvez o ditado se refira ao facto de, uma vez mais magro se notarem com mais facilidade os vasos sanguíneos do corpo.

• UMA AZEITONA OURO, SEGUNDA PRATA, TERCEIRA MATA

A azeitona é um fruto riquíssimo em vitaminas e sais minerais, poderoso antioxidante , e por possuir tantas propriedades é também muito calórica. Deve consumir-se com moderação, até porque devido à forma como são conservadas para comercialização possuem um elevado teor em sal, o que pode ser prejudicial para quem as come.

• MAIS CURA A DIETA QUE A LANCETA

Uma dieta equilibrada, reduzindo drasticamente o consumo de gorduras saturadas, de açúcares ( o açúcar refinado é uma droga como outra qualquer, que cria dependência total e até dá ressaca a quem a deixa de consumir), de proteína animal e alimentos de qualidade nutritiva muito baixa, pode ajudar muito mais que a simples ingestão de medicamentos.

                                                                                                                                                                                                                      ( Texto da revista  Focus nº 437 )
 

Quantas refeições devo fazer por dia?? Março 28, 2008

Filed under: Sem-categoria — chocolatinhos @ 10:52 am

Hoje em dia, já se abandonou a ideia de que se deve comer muito às refeições. Assim , deve-se comer várias vezes ao dia mas pouco de cada vez. O ideal é fazer 5-6 refeições por dia. Em média, as refeições devem contribuir diariamente com a seguinte percentagem das suas necessidades eneregéticas                                                   

                                                                                                                                                                                                                                                                                                    

AP - 12º A      Pequeno Almoço – 15%
      Lanche do Meio da Manhã – 10 %
      Almoço – 30 a 35 %
      Lanche da Tarde – 10 %
      Jantar – 30 a 35 %
 

“Nutrição Clínica” Março 27, 2008

Filed under: Leituras — chocolatinhos @ 11:31 am

AP - 12º ANutrição Clínica” de Helena Saldanha, da editora Lidel, é um livro um pouco mais técnicos que os outos apresentados anteriormente. Assim para aqueles a quem a nutrição desperta mais que simples curiosodade qui fica o resumo do livro!
 Sinopse: Numa época em que uma parte da população mundial não sabe qual o destino a dar aos seus excedentes alimentares e a outra morre de fome, estas situações de abundância e carência alimentar provocam doenças que podem ser tratadas ou até mesmo prevenidas através de manipulações alimentares.
Surge assim o conceito de Nutrição Clínica como a ciência que estuda a relação dos alimentos com as doenças. Existe cada vez mais a preocupação de se ensinar à população hábitos alimentares correctos, não só para prevenir doenças como também para compensar determinados esforços (atletas de alta competição) ou para recuperar de algumas intervenções cirúrgicas, etc.
Este manual escrito numa linguagem simples, aborda de forma clara e rigorosa os últimos desenvolvimentos da Nutrição Clínica.
Destina-se prioritariamente aos médicos de Clínica Geral, médicos de família, médicos de Medicina Interna e também de outras especialidades, Farmacêuticos, Nutricionistas, Dietistas e estudantes de cursos em que esta matéria seja abordada.

 

Como passar uma boa gravidez (2) Março 26, 2008

Filed under: Doenças — luisrocha @ 10:44 am

Alperce seco

Durante a gravidez, o volume de sangue aumenta e obriga à formação de glóbulos extra. Mais calóricos que os frescos, os alperces secos têm também mais ferro, daí ajudarem a cumprir esta função. Úteis no tratamento de anemias, devem ser evitados os de tom laranja forte: foram tratados com enxofre e podem provocar ataques de asma.

Feijão frade

AP - 12º ARico em ácido fólico, é também uma boa fonte de zinco, imprescindível para o desenvolvimento do bebé (a sua carência pode provocar abortos espontâneos, partos prematuros ou anomalias congénitas). Útil na prevenção do cancro, dá energia.

 

A importância e a origem do ananás… Março 25, 2008

Filed under: Sem-categoria — martaoliveira @ 11:17 am


 

AP - 12º A   

Apelidado como “o rei dos frutos”, por causa da “coroa”, o ananás tem a sua origem nas regiões subtropicais e tropicais. As primeiras referências ao ananás remontam ao ano 1555, no Brasil, e já nessa altura os nativos acreditavam que o ananás possuía propriedades terapêuticas e usavam o seu sumo para auxiliar a digestão e manter a pele limpa. Outro dado curioso, é que os guerreiros aplicavam preparados do fruto sobre as feridas e usavam as folhas como ligaduras.

 

Só 200 anos mais tarde é que o ananás foi trazido para a Europa e, desde então, é consumido em todo o mundo sob a forma de fruta, compotas e sumos. Ainda é possível encontrá-lo sob a forma de frutas cristalizadas, fruta bebível, geleias, gelados e mesmo gelatinas.

 

O que distingue o ananás do abacaxi?

 Na realidade tudo depende das condições de cultivo, nomeadamente da temperatura. O abacaxi é cultivado ao ar livre, em climas tropicais, o que lhe permite ganhar um sabor mais adocicado, menos ácido e é mais pequeno enquanto que o ananás é cultivado a temperaturas mais baixas (por vezes em estufas), com um sabor mais ácido e menos aromático.